A ingênua libertina

COLETTE

A ingênua libertina
Impresso

Sobre o livro

Um verdadeiro tratado sobre a liberdade, o desejo feminino, o casamento e a maternidade, A ingênua libertina foi publicado por Colette em 1909, mas sua leitura em nada nos parece datada ou antiquada. A escritora francesa consegue, com sua protagonista e com uma linguagem lírica e ao mesmo tempo sagaz, fazer um retrato vívido da condição feminina no início do século XX, tantas vezes podada pelas mãos de uma sociedade que exige tudo das mulheres, menos a independência. 
Nesta que é uma das obras mais espirituosas de Colette, conhecemos Minne, uma menina atrevida e irreverente que sonha em se juntar a um bando de criminosos de Paris e se aventurar pelo mundo ao lado de um grande amor. Mais tarde, já adulta e casada com um primo, mas frustrada com os rumos que sua vida tomou, ela se lança em casos extraconjugais em busca de prazer e descobertas, embora suas escapadas não saiam exatamente como o esperado. Mas, um dia, tudo parece mudar...
A ingênua libertina é um romance que traz muito da biografia de sua autora, uma personalidade literária peculiar e virtuosa que desafiou as convenções da sua época e que soube ser original e popular, encantando, assim, a França e o mundo.

Colette (autor)
Nome completo

Colette (autor)

Assunto

  • Ficção

ISBN

  • 9788520943809

Formato

  • 15,5 x 23cm

Edição

  • 2

Páginas

  • 160

Idioma

  • Português

Encadernação

  • Capa dura

Ano

  • 2019
Grandes obras de Shakespeare
William Shakespeare
Orlando
Virginia Woolf
Orgulho e Preconceito
Jane Austen
Grandes obras de Júlio Verne
Contos
Box Bram Stoker
Bram Stoker
As novas aventuras de Sherlock Holmes
O imoralista
André Gide
Um homem bom é difícil de encontrar e outras histórias
Flannery O'Connor
O Decamerão
Fiódor Dostoiévski - Memórias da casa dos mortos e O idiota
Fiódor Dostoiévski
O banqueiro anarquista e outros contos escolhidos
Memórias de Adriano
Marguerite Yourcenar
A ingênua libertina
Colette
Box Alexandre Dumas
A náusea
<
>