Blog

O jeito imparável de Maria Sharapova

30/10/2018
O jeito imparável de Maria Sharapova

Quando a notícia chegou de que Maria Sharapova estava prestes a lançar uma autobiografia, o tino que todo editor traz consigo se atiçou. Tratava-se de uma estrela do esporte, de uma carreira repleta de dificuldades e vitórias, mas também de alguém que se aventurara pelo mundo da moda, que recebia valores astronômicos de seus patrocinadores e que acabara de ser afastada das quadras em virtude de um controverso exame antidoping. Havia argumentos suficientes para nos dar a certeza de que o livro seria um sucesso entre o público brasileiro – do mesmo modo como o foi em todo o mundo.

A maior surpresa, contudo, veio quando chegou de fato nosso exemplar de leitura. Imparável não tinha apenas “argumentos de venda” abstratos, como um nome famoso, uma carreira inspiradora, etc., mas elementos fortes que se mostravam bastante concretos: uma narrativa fluida, um texto envolvente – ou mesmo raivoso, uma vez que Sharapova toma para si o objetivo de esclarecer o que teria sido uma injusta condenação por doping; além disso, as vitórias da atleta não eram apenas vitórias em quadra, como já se sabia e era de se esperar. Suas vitórias vinham de muito antes, desde sua infância no frio russo, na aventura de imigrar prematuramente para os Estados Unidos, de superar a si mesma em cada treinamento... O livro era muito mais do que prometia – e note-se que já prometia muito!

Maria Sharapova no Torneio de Roland Garros de 2011

Ver Imparável sair do prelo e chegar às prateleiras é de dar orgulho a qualquer editor ou selo. Em nosso caso, é também prova de um excelente trabalho de toda a cadeia de produção, uma vez que temos um texto esmerado e um projeto editorial de excelência. É impossível não recomendá-lo.

- O editor

Palavras-chave

Biografia
Editora Agir
Imparável
Literatura
Maria Sharapova
Mulheres
Novidades
Review
Esportes