Blog

Que Pessoa é esse?

24/10/2018
Que Pessoa é esse?

O banqueiro anarquista e outros contos escolhidos traz pela primeira vez ao público brasileiro uma antologia que apresenta única e exclusivamente as narrativas curtas de Fernando Pessoa, autor muito mais conhecido e celebrado em todo o mundo por sua monumental produção poética. Antes dessa publicação, só a antiga Nova Aguilar, com livros em papel bíblia e capas de couro vermelho-escuro (no caso dos portugueses), havia publicado entre nós uns poucos contos do vate lusitano.

Mesmo em Portugal, só em 2012 apareceu a primeira coletânea dedicada aos contos de Pessoa. Acredito que esse despertar tardio para tais textos tenha pelo menos dois motivos: 1) O inacabamento ou as lacunas existentes em boa parte dos contos, e as variantes de um mesmo texto, que exigiam um trabalho cuidadoso de crítica textual; 2) uma eventual dificuldade de identificação das personalidades literárias que assumem a autoria das narrativas.

Quanto a este último aspecto, podemos listar pelo menos alguns mais recorrentes: David e Lucas Merrick, Charles Robert Anon, Horace James Faber, Alexander Search, Vicente Guedes, Pero Botelho, Bernardo Soares. Com relação ao inacabamento, basta pensar no Livro do desassossego para dissipar qualquer suspeita a respeito da qualidade do que se vai ler: vindo de Fernando Pessoa, qualquer fragmento interessa e merece ser conhecido, pois pode ser surpreendentemente genial.

Aliás, falando em desassossego, parece que o autor está mesmo fadado a não descansar em paz, para nosso gáudio e júbilo. Como disse o jornalista e historiador João Céu e Silva, em 2015, quando da publicação em Portugal de uma das coletâneas que nos serviu de base:

 “Fernando Pessoa não passa um dia sossegado sem que alguém o ‘retire’ da arca. É um conto inacabado, são uns versos de um poema desconhecido, é uma carta com novidades... Ou seja, o poeta não sossega e os maiores especialistas na sua obra adiantam que não irá repousar por muitos e bons anos tão cedo.”

 

Janaína Senna

Editora de literatura brasileira e portuguesa

 

Clique aqui e leia um dos contos exclusivos dessa edição especial.

 

 

Palavras-chave

Clássicos de ouro
Contos
Fernando Pessoa
Literatura
Livros
Nova Fronteira
Novidades