E do meio do mundo prostituto só amores guardei ao meu charuto 

E do meio do mundo prostituto só amores guardei ao meu charuto 
Impresso

Sobre o livro

O criminalista Mandrake retorna em uma trama costurada por relatos do escritor Gustavo Flávio, um ávido e notório colecionador de mulheres. No entanto, essas mulheres aparecem mortas - assassinadas - assim que fotos de cada uma delas são recebidas em envelopes anônimos.

Categorias

Outros

Assunto

  • Ficção

ISBN

  • 9788520929964

Edição

  • 2

Páginas

  • 176

Idioma

  • Português

Tamanho

  • 13,5 x 20,8cm

Encadernação

  • Brochura

Ano

  • 2012
Mar de histórias: No limiar do século XX
Antologia de histórias
Lúcia Machado de Almeida / Hernâni Donato / Viriato Corrêa / José Lins do Rego / Monteiro Lobato / Graciliano Ramos / Jorge de Lima / Elza Bebiano / Maria Clara Machado
O discurso do amor rasgado
William Shakespeare
Macunaíma
A hora e vez de Augusto Matraga
João Guimarães Rosa
O doente Molière
O recado do morro
João Guimarães Rosa
A vida gritando nos cantos
O médico e o monstro - Box Mestres do Terror
Novelas inacabadas: Os Watsons e Sanditon
Mar de histórias: Das origens ao fim da Idade Média
Mar de histórias: Do fim da Idade Média ao Romantismo
Mar de histórias: o Romantismo
Mar de histórias: do Romantismo ao Realismo
Mar de histórias: Tempo de crise
Meu destino é pecar
Não se pode amar e ser feliz ao mesmo tempo
O romance morreu
O buraco na parede
Amar, verbo intransitivo
<
>