O Sedutor do Sertão

O Sedutor do Sertão
Impresso

Sobre o livro

Escrito entre 7 e 30 de março de 1966, "O Sedutor do Sertão ou O Grande Golpe da Mulher e da Malvada" surgiu de um convite recebido por Ariano Suassuna para levar uma história sua às telas de cinema. O filme, no entanto, acabou não se realizando por falta de verbas e o texto foi parar na gaveta de inéditos, sendo publicado agora pela primeira vez. A narrativa, escrita durante a criação do "Romance d’A Pedra do Reino" (1958-1970), não à toa apresenta vários pontos de contato com a obra-prima do autor, a começar pelo protagonista, o anti-herói cômico Malaquias Pavão, irmão bastardo de Pedro Dinis Quaderna. A ideia para o mote do enredo é retirada de uma passagem de "Os Sertões", de Euclydes da Cunha, a quem o livro é dedicado: um golpe para enriquecer contrabandeando cachaça. À diferença do clássico euclydiano, porém, o texto de Suassuna carrega nas tintas do humor, apresentando o riso como uma forma de escape de nossas recorrentes mazelas políticas.

Categorias

Clássicos

Assunto

  • Ficção

ISBN

  • 978-8520944776

Edição

  • 1

Páginas

  • 246

Idioma

  • Português

Tamanho

  • 15,5 x 23cm

Encadernação

  • Brochura

Ano

  • 2019
Box Todos os contos de Machado de Assis
Machado de Assis
Memórias, sonhos, reflexões
Carl G. Jung
Vestido de Noiva
Nelson Rodrigues
Moderna gramática portuguesa
Box Fernando Pessoa
A mãe
Box Todas as histórias de Tom Sawyer
Operação Condor
Guerra e paz
Ressurreição
As belas imagens
Uma morte muito suave
Uma morte muito suave
O Sedutor do Sertão
Pilatos
Como se tornar um líder
E o vento levou
Os Miseráveis
O livro de ouro dos contos de fada
Confissões
<
>