O Sedutor do Sertão

O Sedutor do Sertão
Impresso

Sobre o livro

Escrito entre 7 e 30 de março de 1966, "O Sedutor do Sertão ou O Grande Golpe da Mulher e da Malvada" surgiu de um convite recebido por Ariano Suassuna para levar uma história sua às telas de cinema. O filme, no entanto, acabou não se realizando por falta de verbas e o texto foi parar na gaveta de inéditos, sendo publicado agora pela primeira vez. A narrativa, escrita durante a criação do "Romance d’A Pedra do Reino" (1958-1970), não à toa apresenta vários pontos de contato com a obra-prima do autor, a começar pelo protagonista, o anti-herói cômico Malaquias Pavão, irmão bastardo de Pedro Dinis Quaderna. A ideia para o mote do enredo é retirada de uma passagem de "Os Sertões", de Euclydes da Cunha, a quem o livro é dedicado: um golpe para enriquecer contrabandeando cachaça. À diferença do clássico euclydiano, porém, o texto de Suassuna carrega nas tintas do humor, apresentando o riso como uma forma de escape de nossas recorrentes mazelas políticas.

Categorias

Clássicos

Assunto

  • Ficção

ISBN

  • 978-8520944776

Edição

  • 1

Páginas

  • 246

Idioma

  • Português

Tamanho

  • 15,5 x 23cm

Encadernação

  • Brochura

Ano

  • 2019
Box Todos os contos de Machado de Assis
Machado de Assis
Memórias, sonhos, reflexões
Carl G. Jung
Vestido de Noiva
Nelson Rodrigues
Moderna gramática portuguesa
Box Fernando Pessoa
Fernando Pessoa
A mãe
Box Todas as histórias de Tom Sawyer
Operação Condor
Guerra e paz
Ressurreição
As belas imagens
Uma morte muito suave
Uma morte muito suave
O Sedutor do Sertão
Pilatos
<
>